sábado, novembro 06, 2010

Balanço do ano

Ainda não está na hora do clássico "balanço do ano", mas já to pensando em como vai ficar. Esse ano foi o mais intenso profissionalmente da minha vida, começou no dia 1 de janeiro, rodando um curta com fimagem noturna no sítio. No dia 2 rodamos outro curta, um que foi premiado no Festival Internacional de Curtas de São Paulo. Ou seja, o ano começou com a corda toda, e foi assim durante todo o ano. Foram vários curtas (com minha participação, ao todo, foram 11... nossa!).

Muita coisa mudou, muito mais do que eu esperava, muita coisa pra melhor, alguma pra pior, ou diferente, não sei, estou solteiro agora, depois de um tempo namorando. E está sendo bem intenso isso, morando sozinho, me entregando ao trabalho e à reflexão... e outras coisas também.

Não sei ainda o que esperar do ano de 2011. Só sei que vai ser bem legal, certamente. Talvez eu passe a dividir o meu apartamento com alguém. Morar sozinho, às vezes, é muito solitário (e caro). Tem suas vantagens, claro, mas eu ando meio cansado de estar sempre sozinho neste apartamento vazio e grande. Vou pensar nisso.

Vou pensar agora também no meu filme de natal, que será uma experiência muito interessante. Vou ver se convenço meu irmão a fazer um plano pra mim na festa de natal na casa do meu pai (porque eu vou fazer outros).

Que venha 2011, ainda falta 2 meses e muita enxurrada vai passar, mas muita mesmo, mas já estamos quase lá. Eu sei que essa semana entro em mais um processo intenso de trabalho e minha próxima folga deve ser no natal. O jeito é olhar pra frente e seguir com força nas tarefas, sem desanimar, porque vem coisa boa.

Um comentário:

Neusa disse...

Com força e sem desanimar.
Boa sorte,

Neusa